Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
 Artigos 
Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
Por: Pe. Lucimar de Assis Mendes,sf,     04/12/2018 |  12:22:35
JMJ: Uma famlia, para as famlias

Somos os Filhos da Sagrada Família, Jesus, Maria e José, uma Congregação Religiosa fundada em 1864 na Espanha por São José Manyanet, declarado pela Igreja como Profeta da Família, porque a família foi o centro e o objetivo da sua missão. Ao longo de toda a vida a sua mensagem foi o anúncio do mistério de Nazaré, porque a Casa de Nazaré, o lar de Jesus, Maria e José foi para este santo tão desconhecido nos dias atuais, a sua morada espiritual, foi ali onde na companhia de personagens tão santos que Manyanet aprendeu a amar, zelar, proteger e formar as famílias ao estilo da Sagrada Família. Hoje, nós como filhos espirituais de São José Manyanet, somos chamados a atualizar esta Boa Nova a todas as famílias e a todos os lares, procurando antes de tudo, a formação cristã das famílias, principalmente por meio da formação de crianças e dos jovens que serão as famílias de amanhã.

Ao sermos “uma família para as famílias” a exemplo da família de Jesus, Maria e José, que abraçaram o estilo de vida virginal, pobre e obediente, respondemos a vocação que Deus nos chamou em sermos filhos, testemunhas e apóstolos. Depois de uma experiência na casa da Sagrada Família, somos enviados a proclamar a todos os lugares aquilo que “era desde o princípio ouvimos, vimos com os nossos olhos, que contemplamos e que as nossas mãos apalparam do Verbo da vida. [...] Vo-lo anunciamos para que estalejais também em comunhão conosco” (I Jo 1,1.3a). 

Mas o que nos faz acreditar na família, é justamente a herança que o nosso Fundador nos deixou, em fazer de cada lar doméstico uma sagrada família, ou seja, “Um Nazaré em cada lar”, uma missão que requer esforço e principalmente identidade carismática, isto é, que tenhamos a firme convicção que o nosso carisma “nazareno familiar” é para a Igreja e para a sociedade.    

A ideia do JMJ (Jesus, Maria e José) no litoral veio a tona ao fazer uma visita ao jovem vocacionado Bruno Dirceu de Barra Velha-SC e tive a satisfação de conhecer o Padre Fred pároco da comunidade, foi quando joguei no ar um sonho de finalizar o ano acadêmico do seminário com alguma missão.

Conversando com o Padre Fred, de imediato se colocou a disposição em nos ajudar, o desejo de missão ficou mais forte, o sonho poderia se realizar, a graça de Deus já estava se manifestando. A semente já tinha sido lançada.

Os meses foram passando até que a partir da oração veio algo no meu coração uma inquietação, e porque não um JMJ no litoral, ou seja, levar a Sagrada Família, Jesus, Maria e José para estarem mais próximos das famílias que passarão alguns dias na praia. Seria uma oportunidade de fazer do nosso carisma algo concreto de aproximação ás realidades de tantas famílias. 

A ideia foi tomando corpo, a partir da experiência do JNL (Jesus No Litorial - projeto do Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica). Um projeto ousado proposto aos jovens no período de férias, que requer força de vontade, alegria por ser jovem e o mais importante, serem jovens enviados a proclamar o amor de Deus. Algo assim nos faz falta para aproximar a Sagrada Família a todas as famílias. Assim os foi se concretizando o que hoje podemos dizer que é o nosso primeiro JMJ no litoral tendo umas características próprias relacionadas com o nosso carisma que é a família, além de toda uma programação pensada. A missão se realizará nos dias 7-13 de dezembro, quem realizará esta missão serão os próprios seminaristas do Seminário Padre Manyanet de Curitiba-PR com a colaboração de alguns jovens da comunidade e movimentos, e assim vivenciarmos uma espiritualidade profunda e encarnada do Mistério de Nazaré, com a convivência fraterna e as diferentes atividades voltadas para a família estaremos chegando com o nosso objetivo evangelizar as famílias.

  Artigos 
© 2016 - Direitos reservados