Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
 Artigos 
Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
Por: Aspirante Lucas Theodoro,     18/08/2021 |  10:02:00
Um corao sempre atual

O Sagrado Coração de Jesus é o recanto para aqueles que não o tem, é a vida para quem experimenta a morte, e é a humanidade para quem a renega. Mas afinal, o que tudo isso quer dizer?

Há na igreja muitas concepções acerca do Sagrado Coração de Jesus. Alguns pensam que não passa de uma mera devoção antiga, ultrapassada, um fruto de pessoas “carolas”, enquanto outros se debatem com o pensamento extremamente racional de que o coração não passa de um músculo e quem controla o amor e as emoções é o cérebro com toda sua complexidade.

Primeiramente temos de deixar estabelecido que para se entender esta devoção do Sagrado Coração é necessário a fé. Tal como nos diz são Paulo aos Efésios 3,17, em que Deus deve fazer Cristo habitar em nossos corações pela fé.

Com esta premissa, pode-se chegar a uma conclusão de que o coração referido não passa de uma mera alegoria intelectual. Mas isso não se mostra verídico quando vemos o exemplo concreto de Jesus que foi agraciado com dois amores perfeitos, que não se contradizem de forma alguma, exercidos para com a humanidade.

Um se apresenta de natureza divina, puramente racional, consciência de nossa insignificância e baixeza, pois ele é Deus inteiramente, por outro lado, a natureza humana, carnal, o próprio músculo, dotado de paixões e sentimentos, pois é homem inteiramente. Sendo assim, chegamos a conclusão de que há uma relação de amor para conosco que foi tão intensa que o levou a se sacrificar na Cruz por cada um de nós, não esquecendo que Jesus cumpria uma missão por parte do Pai em resgatar a humanidade do pecado.

Porém, você pode ainda estar se perguntando sobre a importância da celebração dessa espiritualidade, indagando se seria mera recordação deste ato perfeito de sacrifício. Todo católico é chamado a amar a Deus sobre todas as coisas, enquanto observamos nossa incapacidade de o amarmos com a mesma intensidade que Ele nos ama, com um amor tão intenso que incendeia-se com chamas do mais puro e imaculado amor. Em outras palavras, amá-lo perfeitamente.

E podemos concluir que isso é impossível e, de fato, com nossas forças humanas, é! Porém, é exatamente neste tópico que surge a graça, Deus nos dará o amor pelo qual ele quer ser amado, assim como se mostra na passagem: “Tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne” (Ez 11,19).

  Artigos 
© 2016 - 2021 | Direitos reservados