Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
 Artigos 
Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
Por: Pe. Edimilson Ribeiro, sf,     14/09/2021 |  10:07:37
Exaltao da Santa Cruz

A Igreja celebra hoje, dia 14 de setembro, a festa de exaltação da Santa Cruz, isto é, uma homenagem à cruz salvadora de Jesus Cristo. Esta festa é antiga e remonta ao ano 335, por ocasião da inauguração da igreja construída pelo Imperador Constantino, no alto do Calvário, em Jerusalém, relembrando a morte e ressurreição do Senhor.

Também na mesma época, em Roma, foi construída a igreja da Santa Cruz, com a finalidade de abrigar em seu interior as relíquias autênticas da Cruz de Jesus, trazidas por Santa Helena, mãe de Constantino e que se encontram nesta mesma igreja até hoje, para a veneração dos fiéis.

No princípio, a festa era celebrada no dia 13 de dezembro, vindo a ser celebrada em 14 de setembro após ser trazida para o Ocidente, com o nome de Exaltação da Santa Cruz, apresentando-nos como seu significado que Cristo foi o grande instrumento de nossa salvação.

Os próprios apóstolos já tinham consciência de que era preciso pregar o Cristo vivo e ressuscitado, mas também o Cristo crucificado, o Cristo que morreu na cruz, sendo o cristão chamado a assumir a cada dia sua cruz e seguir Jesus, passo a passo. Os nossos sofrimentos, hoje ainda oferecidos, são a complementação do sacrifício de Cristo e continuam redimindo a humanidade, por isso o martírio na Igreja é sempre considerado o grau máximo do testemunho e do seguimento muito fiel a Cristo Jesus.

Celebrar a Exaltação da Santa Cruz é oferecer aos cristãos uma oportunidade para refletir sobre o sentido que damos às nossas dores e aos nossos sofrimentos, para que saibamos hoje assumir a cruz de cada dia que é o grande sinal de vitória para nós cristãos.

Em profunda união com a Exaltação da Santa Cruz está a celebração da memória de Nossa Senhora das Dores, no dia seguinte, 15 de setembro, invocada também pelo título de Nossa Senhora da Piedade, a Pietà que inspirou o grande Michelangelo a esculpir uma de suas maiores obras. É a participação de Maria na paixão e no sofrimento de Jesus Cristo. Ela que de fato teve uma espada de dor atravessando o coração.

Enfim, completamente fora do contexto pascal ou da Semana Santa, somos chamados a uma reflexão sobre o sofrimento, a cruz e a dor na obra salvífica e na vida de cada autêntico seguidor de Jesus Cristo.

  Artigos 
© 2016 - 2021 | Direitos reservados