Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
Filhos da Sagrada Famlia - Vocaes Manyanet
 Santo do Dia 
Busca por Data
Dia 17 setembro
So Roberto Belarmino

Roberto Belarmino nasceu em Sena e entrou na Companhia de Jesus aos dezoito anos; tornou-se professor de teologia, conselheiro de vários papas, provincial dos jesuítas, cardeal e arcebispo. Sabia colocar-se no nível do povo, que admirava a simplicidade de homem tão douto. Distinguiu-se sobretudo nas controvérsias doutrinais com os luteranos e os Calvinistas.  Preparou um pequeno “catecismo”, eco das polêmicas do século XVII, usado depois no ensino da doutrina cristã até os nossos tempos. A obra catequética de Roberto Belarmino e a importância que teve na formação das gerações cristãs lhe mereceram o título de Doutor da Igreja.

LITURGIA

Memória facultativa

1ª Leitura: Sb 7,7-10
Salmo: 18
Evangelho: Mt 7,21-29

Oração do Dia
Ó Deus, que, para sustentar a fé católica de vossa Igreja, destes ao bispo são Roberto Belarmino ciência e força admiráveis, concedei, por sua intercessão, que o vosso povo se alegre de conserva - lá sempre integralmente. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

So Roberto Belarmino

Roberto Francisco Rômulo Belarmino veio ao mundo no dia 04 de outubro de 1542, em Montepulciano, Itália. Era filho de pais humildes e católicos de muita fé. O menino Roberto nasceu franzino e doente. Mesmo doente, Roberto soube ter uma vida de profundo amor a Igreja. Sua inteligência prodigiosa levou-o ao magistério. Foi professor em inúmeras instituições de ensino da Itália. 
Em 1571, tendo concluído todos os estudos, recebeu a ordenação sacerdotal e entrou para a Companhia de Jesus. Unindo a sabedoria das ciências terrenas, o conhecimento espiritual e a fé, escreveu os três volumes de uma das obras teológicas mais consultadas de todos os tempos: "As Controvérsias Cristãs sobre a Fé", um tratado sobre todas as heresias. 
Mais tarde, em 1592 Belarmino foi nomeado diretor do Colégio Romano. Nesta função ficou apenas por dois anos, pois o Papa Clemente VIII reclamava sua presença em Roma, para auxiliá-lo como consultor no seu pontificado. Nesse período produziu outra obra famosa: o "Catecismo", que teve dezenas de edições e foi traduzido para mais de cinqüenta idiomas. 
Trabalhou durante muitos anos como assessor dos pontífices romanos. Morreu aos setenta e nove anos de idade, apresentando graves problemas físicos e de surdez. Foi proclamado santo e doutor da Igreja. 

© 2016 - 2021 | Direitos reservados